segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Os frutos e a vida cristã

às 08:20
Reações: 
Bom dia povo eleito!


Estamos em tempos de grande avivamento na nossa nação e glória à Deus por isso. Ouvi dizer que ele virá do sul e a coisa será grande mas, será que realmente estamos preparados pra esse avivamento? Será que nossos talentos estão sendo lapidados, aperfeiçoados para serem utilizados de forma agradável à Deus?
Pergunto isso por que muito se ouve acerca da volta de Cristo e sobre como obter a salvação. Isso é algo que mexe com o nosso interior, nos impressiona e consequentemente nos interessamos mesmo, e claro, não há mal nenhum nisso.
O que tenho me perguntado, juntamente com irmãos abençoados é que se na real, devemos nesse momento aperfeiçoar a nossa conduta ou catalogar a vinda de Cristo.
Ao lermos a carta de Paulo aos gálatas vemos que muito ele corrigiu aqueles irmãos para que suas condutas fossem aperfeiçoadas de uma maneira séria e responsável afim de obter a salvação (veja o texto grifado em vermelho logo abaixo).
Vivemos o tempo da graça sim mas, isso nos dá a remissão do pecado mediante nosso arrependimento e conversão dos nossos maus caminhos, ou seja, não PRECISAMOS mais de um sacerdote para oferecer sacrifícios à Deus para libertação  de nossos pecados, temos livre acesso ao Pai (ponto).
A nossa vida ao aceitarmos Cristo, deve ter uma mudança significativa, nosso espírito se conecta com o do Pai diretamente através da morte de Cristo. Ele enviou o Espírito Santo e esse ao habitar em nós, derrama dos seus frutos, não mais permitindo que andemos de forma equivocada e pecando deliberadamente nas mesmas coisas. Somos falhos sim mas, Deus nos chamou para ter um relacionamento íntimo e sincero com ele por isso nos disse para andarmos em Sua presença, no Seu Espírito.
Antes de pecarmos, o Espírito Santo sempre nos avisa, e quando mesmo assim, resolvemos não ouvir a Ele, sentimos sua tristeza. É ou não é?
Vamos cuidar um dos outros para que não venhamos por bobagem tornar vã a obra de Jesus naquela cruz. Que venhamos a nos converter juntos aos ensinamentos daquele que nos amou primeiro, amém?!








Eis o texto no qual tomei por base pra esse post:


Gálatas


5.16   Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne.
5.17   Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer.
5.18   Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais sob a lei.
5.19   Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia(libertinagem),
5.20   idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias(discussão), ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções,
5.21   invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam.
5.22   Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade,
5.23   mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.
5.24   E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências.
5.25   Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito.
5.26   Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Andando na Luz Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos