sábado, 17 de maio de 2014

Primavera no outono

às 10:57
Reações: 
Primavera no Outono?

Hoje quero testemunhar uma estação dentro da outra em minha vida. Sim estamos em pleno outono, porém na minha vida a primavera já está acontecendo.
Nem todos aqui sabem que tenho uma filha, um marido, uma casa, um ministério, ou seja, uma vida de agenda lotada.
Dentro dessa vida cabe tanta coisa, inclusive um trabalho de 8:48 diárias que juntando a 1h para se arrumar e mais 1 h do meu tempo entre ida e volta, somam-se 10:48 do meu dia em função desse abençoado, sim abençoado trabalho.
O problema é que desde que voltei de licença maternidade a certa de +/- 1 ano e meio percebi que na verdade não estão mais cabendo tantas coisas assim nas minhas 24h. Estava ficando extremamente estressada por não conseguir dar conta de fazer tudo com excelência (amo essa palavra) e como alguns que me conhecem de perto e sabem do meu temperamento, não gosto de nada “nas coxa”, de qualquer maneira. Não sou neurótica nem nada, mas vejo que existe uma ordem pras coisas, entendem?
Quando percebi isso meu ímpeto foi nem voltar da licença, mas não podia, pois em função de uma nova linda integrante na família tememos não dar conta. No final das contas fizemos mais contas do que realmente era necessário e veio então uma estação de inverno, beeeem gelado. Tivemos de apertar os cintos, segurar na mão de Deus e ir.
Fomo indo, indo, indo com a maré e esse inverno não acabava nunca mais, mas aí veio o verão, a luz, a inconformidade com a estagnação e então comecei a orar. Pedi ajuda, fui a Deus, jejuei atrás do propósito de reorganizar a vida, mexer as peças nesse xadrez que é nossa vida onde cada decisão influencia em alguma coisa, boa ou ruim. Nesse tempo de oração, meu esposo era muito receoso sobre o fato de ter que dar conta sozinho das despesas enquanto eu me dedicaria a nós como família e a Deus.
Chegou então o outono aonde a luz vai escurecendo e vai ficando friozinho e tendemos a  buscar aconchego, sossego, algo quentinho pra beber e quietude, frio, mas ainda com a esperança de que as folhas que estão caindo darão lugar a folhas novas e lindas flores. A poda é necessária!
Nesse tempo, descansei em Deus, entreguei e esperei a resposta com fé de que ela viria no tempo certo. Não duvidei, pois sei em quem tenho crido nesses anos.
E finalmente, durante o legítimo descanso, nas férias, testificou-se no coração do meu esposo que era tempo de eu assumir aquilo que tanto sonhara. Tempo de qualidade para as coisas que realmente importam nessa vida: Família e Deus. Estou - muito grata por esse tempo – entregando meu emprego e estabelecendo toda uma nova rotina. Plena e ajustada para cumprir os propósitos de Deus pra minha vida.
Tem coisas nessa vida que não tem preço e não poder ver seu filho crescer, por exemplo, é uma delas. Quando o seu tempo livre dá apenas para arrumar “mais ou menos” a casa ou BRINCAR COM SEU FILHO realmente é preciso repensar e reinventar seu tempo. Reavaliar faz parte do processo. Não adianta ficar murmurando culpando alguém, no final das contas a culpa do filho mal-educado será da mãe e mesmo que ela se vire em 30, ninguém saberá, pois a sociedade atual pós-revolução feminista nos levou a ser super tudo! Como eu disse toda ação tem uma reação.

E pra deixar mais completo o testemunho, não quero que pensem que a mulher que opta por ficar em casa com os filhos seja impossibilitada de trabalhar e de alguma forma gerar renda extra para ajudar nas despesas da casa. Ela pode sim, mas com organização e sabedoria do seu tempo. Eu por exemplo, ganhei uma ideia lançada por uma amiga e recebi aquilo com fé. Farei cupcakes lindos e gostosos pra vender e Deus é tão lindo que foi me dando várias ideias de nomes, sabores super originais. Vocês verão em breve. Vou fazer cursos e me aventurar nas artes que realmente é algo que eu gosto e terei prazer em fazer.
Seja bem-vinda primavera - a estação de desfrutar dos frutos!
Todas as estações na nossa vida são necessárias. Às vezes temos dificuldade em identificar em qual estamos, mas de uma coisa eu não tenho dúvida, se orarmos e pedirmos o querer de Deus em cada uma delas, Ele é fiel pra fazer o que nobre e muito mais alto do que pensamos ou imaginamos.
Então, se você se identificou com esse meu momento ou está vivendo algo parecido, está sucumbindo em meio a tantas tarefas, corre atrás na oração, faz propósito com Deus e busca. Ele vai te honrar como está me honrando. Tenho certeza!
O mais engraçado é que enquanto estou terminando de escrever aqui, na rádio bola worship, nesse exato momento o apresentador está falando de estações e descrevendo cada uma delas fechando mais ou menos com tudo o que eu disse aqui.
É! O Espírito Santo quer falar mesmo sobre isso.

Recebeeeee!

0 comentários:

Postar um comentário

 

Andando na Luz Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos